terça-feira, 27 de janeiro de 2009

HaiKus Tropicais


Sol pela Janela

gato observa
o desdobrar da alma:
tarde amena!




Domingo no parque

parque e brisa:
a capivara atenta
ao meu foie de canard



Para o João Cabral

surrada algibeira:

dialética da pedra,

desfeita em pó.

Cadeia Alimentar

a águia mirava:
galinha distraída
ciscava o poente.


.................


pingo do céu

respinga, só, na fronte:

a chuva virá.


...............................


um amor findo:

o mar incandeia

o crisântemo.



Um comentário:

LIRÓZINHA CARNEIRO disse...

Quero muito aprender esta arte também ! ensine-me mestre !
Que coisa mais linda são os seus pensamentos reunidos em sílabas !

Evoé!

Saiba que a sua visita e o seu comentario dão sentido a este espaço, que alem de divulgar poemas, quer conversar sobre a vida. Esteja em sua casa.

Ricardo Sant'Anna Reis 21.9170-9004

Ricardo Sant'Anna Reis  21.9170-9004
"rondava a rosa à poesia pelos jardins das flores tanto mais diversa a rosa quanto mais forem os amores". Sociólogo, poeta e editor, publiquei em antologias e recebi alguns premios literários. Tenho dois livros: "Diario da Imperfeita Natureza" e "Derradeiro Prelúdio" (no prelo). Pretendo aqui interagir com voce sobre poesia ou qualquer outro assunto relevante.

Seguidores